Area reservada a Sócios

Associação de Produtores de Vinho Alvarinho

Para aceder aos conteúdos terá que fazer login no menu ao lado. Obrigado

Novidades :

Visite o site da Associação ...APA »

Sócios Login

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

09
MAR

Participação na BTL

25
OUT

Prova de Alvarinho em Santiago de Compostela

21
MAI

Alvarinhos de Monção e Melgaço premiados

15
ABR

Alvarinho de Monção & Melgaço e Queijo da Serra

 

BlogFacebookTwitter

A casta

A Alvarinho é uma casta branca autóctone da sub-região de Monção & Melgaço. É medianamente vigorosa mas bastante rústica, com um elevado índice de fertilidade, apresenta com frequência 3 inflorescências por lançamento, dando origem a cachos muito pequenos, alados e medianamente compactos, o que torna uma casta pouco produtiva. Esta característica é contemplada nos estatutos da região, que lhe fixa um rendimento máximo por hectare inferior às restantes castas. Esta casta exige terrenos secos para potencializar a qualidade do vinho a que dá origem, sendo uma casta precoce no abrolhamento e na maturação. Produz mostos muito ricos em açúcares e, apresenta um razoável teor em ácidos orgânicos.

O vinho

Os monovarietais de alvarinho de Monção & Melgaço distinguem-se pela sua riqueza aromática, elegância e complexidade no sabor, por ser um vinho de corpo inteiro, com teores alcoólicos relativamente elevados e com uma acidez equilibrada. O Vinho Alvarinho caracteriza-se por apresentar uma cor intensa, palha, com reflexos citrinos, aroma intenso, distinto, delicado e complexo, que vai desde o marmelo, pêssego, banana, limão, maracujá e líchia, a flor de laranjeira e violeta, a avelã e noz e a mel, sendo o sabor complexo, macio, redondo, harmonioso, encorpado e persistente.

Sugestões de consumo

O vinho Alvarinho é um vinho de corpo inteiro adequado a diversas ocasiões. É um vinho excelente para diferentes combinações gastronómicas, desde o acompanhamento de pratos de peixe, mariscos, saladas, carnes de aves, queijos e gastronomia oriental, sem nunca esquecer a nossa gastronomia tradicional.

Mas o consumo de Alvarinho não se resume à associação com a gastronomia. O vinho Alvarinho é perfeito para diversos momentos ao longo do dia, como um momento de descontracção a seguir a um dia de trabalho, momentos de diversão com um grupo de amigos ou mesmo celebrar uma ocasião especial com um espumante de Alvarinho.

O Copo

A escolha adequada do copo onde consumir um Alvarinho é fulcral para que o momento de consumo se torne numa experiência emocional inigualável. Os enólogos das empresas da região após uma análise criteriosa definiram o copo ideal para o consumo de Alvarinho.

Caso não tenha a oportunidade de consumir o alvarinho no copo oficial da casta, opte por consumir num copo com alguma capacidade para permitir algum contacto com ar, podendo assim descobrir a riqueza aromática que caracteriza os monovarietais de Alvarinho.

Se pretender desfrutar de um fabuloso espumante de alvarinho opte um copo tipo Flûte, indicado para o consumo de espumantes.

A Temperatura

A temperatura correcta é fundamental para possa retirar partido da riqueza aromática da casta alvarinho, sendo que temperatura aconselhada situa-se entre 10º e 12º.

Um vinho que esteja à temperatura ambiente após a colocação num frappé com água e gelo será necessário esperar 15 a 20 minutos, e o vinho encontrar-se-á na temperatura ideal para a vivência de uma experiência única. No caso de o vinho estar no frigorífico, estará demasiado frio sendo necessário esperar uns minutos para que o vinho adquira a temperatura ideal para ser bebido. Caso contrario, o vinho poderá encontrar-se “fechado” e não tirará partido dos maravilhosos aromas desta casta.